Como Lidar com a Oposição Externa – Série Neemias (Parte 5)

oposicaoTexto: Neemias 4.1-23

Introdução
> Na liderança, surgem forças externas que não podemos controlar. A maneira como lidamos com estes problemas revela o calibre de nossa liderança.
> Do ponto de vista interno, Neemias fez tudo o que se podia esperar dele. Contudo, a oposição surgiu de uma fonte que Neemias não podia controlar.
> A oposição se manifestou através de ira. indignação, escárnio, zombaria, sarcasmo desprezo, ameaça de violência, tentativa de se incitar confusão, mexericos, intrigas, fofocas, semeando o medo, etc.
> Devemos esperar pressões. Aprender a enfrentá-las sem perder nosso equilíbrio emocional, porém leva tempo.

Transição
> Quando nos propomos a realizar a obra de Deus, a oposição sempre surge. O texto nos mostra algumas formas pelas quais devemos lidar com a oposição para vencê-la.

I.) Oração – v. 4, 5, 9
> Neemias leva toda a questão perante o Senhor. Retrucar seria começar uma batalha de palavras. Mas orando primeiro, Neemias pôde dar plena vazão ao que sentia.
> Oração nos dá oportunidade de conversar com Deus sobre a questão e obter dele nova perspectiva dos nossos problemas. Através da oração, nossa ira e nossos ressentimentos se dissipariam.
> Se tomássemos tempo para dizer ao Senhor as coisas que nos perturbam, não seríamos tentados a mexericar com os outros a respeito dessas coisas. A oração é parte imprescindível da sanidade mental.

II.) Continuar focado no trabalho – v. 6
> Neemias mantém os construtores ocupados. Enquanto ativos no trabalho, têm pouco tempo para se preocupar com os mexericos dos inimigos.

III.) Procurar manter-se amimado – v. 6
> Como os trabalhadores puderam se manter animados diante de tanta oposição e de tantos motivos para o desânimo? A única resposta satisfatória está na personalidade do líder.
> “Um líder tem de ter otimismo contagioso e determinação a fim de perseverar em face das dificuldades. Ele precisa irradiar confiança, depender de princípios morais e espirituais e recursos para dar certo mesmo quando ele próprio não está muito certo do resultado” (Montgomery).
> A ansiedade nunca tira a tristeza do amanhã; só tira a força do hoje.

IV.) Agir; Tomar as devidas precauções; Dispor-se – v. 9,13,14,16-18
> No v. 9, mais uma vez Neemias mostra como a fé (oração) e as obras (puseram guardas) andam juntas. Mostra que a oração não é substituto da ação.
> Neemias tomou as precauções necessárias contra a oposição, ou seja, pôs guardas dia e noite com espadas, lanças e arcos.
> No v. 14 o texto diz que Neemias se dispôs. Mesmo em meio a toda a oposição ele teve de encontrar forças para se dispor e continuar lutando.

V.) Diagnosticar o que está acontecendo – v. 12
> O persistente rumor de um ataque iminente desanimou os trabalhadores – v. 10.
> Os judeus das cercanias repetidamente insistiam com os que estavam construindo os muros para que deixassem o trabalho e voltassem a seus lares para proteger suas famílias.
> Os judeus estavam guardando os muros da cidade, mas não estavam guardando seus ouvidos do que os inimigos diziam. Estavam permitindo, sem perceber, que o inimigo lhes fizesse lavagem cerebral e os enchesse de dúvidas. Não entenderam que quando a dúvida invade a alma, ela leva ao desespero. Quando isso acontece, o fracasso está apenas a uns passos.
> Neemias percebe tudo isso e faz um diagnostico do que está acontecendo para poder tomar as medidas necessárias – v. 12-14.

VI.) Exortar (encorajar); Lembrar-se do poder de Deus; Buscar razão para continuar – v. 14
> Neemias os exortou: “Não os temais..”: depois os levou a lembrar-se do poder de Deus “… lembrai-vos do Senhor, grande e temível …”; finalmente lhes deu uma razão para continuar lutando “pelejai pelos vossos irmãos, vossos filhos, vossas filhas, vossas mulheres e vossas casas”.
> É necessário saber encorajar e motivar eficazmente aos nossos colaboradores. É um dos fatores importantes na liderança bem sucedida. Precisamos estar em contato com aquetes com quem trabalhamos. É a única forma de combater as influências negativas. Temos de ser acessíveis.
> O líder tem de saber como repreender, encorajar e motivar os outros.

depre_2VII.) Evitar a solidão – v. 19, 20
> Neemias reconheceu que os trabalhadores estavam muito separados uns dos outros. Deu orientações para que quando se ouvisse o som da trombeta, todos acorressem a ter com eles.
> A solidão pode ser fatal na liderança. Ver Provérbios 18.1.
> Quando estiver em apuros na liderança ou em qualquer área de sua vida, toque a trombeta!

VIII.) Manter a fé – v. 20 b
> Ele exorta o povo a crer que Deus pelejaria por eles, pois Ele era o dono daquela obra.
> A fé cria uma esperança positiva; era a base da confiança de Neemias. Ele tinha a confiança de abe estava fazendo aquilo que Deus queria que fizesse (daí a fé de que Deus pelejaria por eles)!
> A fé nos dá também um sentido de propósito.

IX.) Perseverar – v. 21 a
> O trabalho realizado a cada dia diminui, pois metade da força fica de guarda enquanto a outra metade trabalha. Os operários estão armados. Um tocador de trombeta está próximo a Neemias, pronto para chamar a todos em caso de ataque de surpresa. A despeito de fato de que todas essas precauções fazem com que o trabalho vá mais lento, e também apesar do cansaço pelo trabalho dobrado na guarda noturna, a obra continua!
> A perseverança é o verdadeiro teste de capacidade de liderança.
> A convicção de chamado que Neemias tinha para aquela obra o ajudou a perseverar.

X.) Reorganizar as prioridades e ajustar a estratégia à situação – v. 21-23
> Quando surgia uma situação difícil, Neemias a enfrentava objetivamente. Enfrentava cada nova situação com realismo. O que era necessário fazer para reorganizar as prioridades? Para ajustar-se à situação? Neemias encontrava as respostas a estas questões e as colocava em prática.

XI.) Identificar-se com os liderados – v. 23
> Os liderados viam o exemplo em Neemias e em seus assessores. Ele não mandava os outros fazerem o que tinha de ser feito e apenas ficava olhando. Ele se identificava com os liderados e “colocava a mão na massa”, ou seja, não largava as próprias vestes, não largava as armas e quando conseguia dormir, fazia isso com as armas ao lado!

Pr. Ronaldo Guedes Beserra com ajuda da leitura do livro “Neemias e a dinâmica da liderança eficaz” de Ciril J. Barber- Ed. Vida.

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Esboços de Sermões - Série Neemias, Esboços de Sermões - Sermões Expositivos, Liderança e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Como Lidar com a Oposição Externa – Série Neemias (Parte 5)

  1. OBRIGADO, DEUS POR TER COLOCADO O TEU SERVO EXPONDO UM TRABALHO VALIOSO PRINCIPALMENTE AOS AFRICANOS ONDE ACESSO AOS LIVROS EVANGÉLICOS E ESCASSOS POR NÃO DIZER INEXISTENTE. DEUS TE ABENÇOE PASTOR RONALDO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s