A Maior Força da Terra – Série Neemias (Parte 1)

slide_1Texto: Neemias 1.1-11

Introdução
> Quem era Neemias, quando e onde viveu, o que ele fazia?
> A cidade de Jerusalém havia sido conquistada, destruída e seu povo levado para a Babilônia. Depois de muitos anos no cativeiro, algumas levas de judeus haviam sido autorizadas a voltar a Jerusalém, mas estavam na condição descrita em Ne 1.1-3. É provável que Neemias tenha nascido no cativeiro.
> Como copeiro, ele se encontrava em posição singular (era amigo do rei e seu confidente, já que o rei possivelmente era uma pessoa muito solitária devido a temores de intrigas e ameaça constante de assassinato).
> Por que Neemias é um personagem de grande destaque nas Escrituras? Por que sua história inspira escritores para escreverem a respeito de princípios de liderança? Por que ele conseguiu em 52 dias fazer algo que pessoas durante 90 anos disseram ser impossível de realizar? Quais os segredos desse homem? Um de seus primeiros segredos é que ele era um homem de oração eficaz!

Transição
(AT) “A oração eficaz é a maior força da terra”.
(ST) “O texto (e a oração de Neemias no texto), nos mostram quais os requisitos para uma oração verdadeiramente eficaz”.

I.) Para a oração ser eficaz, deve ser precedida por um conhecimento de uma necessidade – v. 1-4
> Elucidar v. 1-4
> Jerusalém tinha sido destruída pelos babilônios em 586 a.C. Apesar de repetidas tentativas de reconstruir o muro, a cidade ainda se encontrava em ruínas. Eles tinham perdido sua posição aos olhos de outras nações e tinham perdido seu respeito-próprio. Estavam humilhados!
> O conhecimento das condições de seu povo leva Neemias a orar. Ele se importou. Teoricamente não precisava se importar. Estava bem colocado na vida, tinha dado duro para chegar onde chegou e cada um que cuidasse de seus próprios problemas! Mas Neemias não agiu assim. Ele se importou!
> Existe alguma área em sua vida, ou em sua família que está em condições tristes, deploráveis, humilhantes? Isso deve levar-nos a orar! Esta é a primeira atitude a ser tomada. Não façamos nada antes de orar, se humilhar, se quebrantar, jejuar!

II.) Para a oração ser eficaz, tem de ser conduzida numa atitude de reverência – v. 5, 6 a
> Muitos hoje não têm a devida reverência ao se dirigirem ao Senhor. Arrogantemente tratam-no como se Ele fosse nosso servo e nós seus senhores. Determinam, dizem que não aceitam e daí por diante. Tomemos cuidado, estamos tratando com o Todo-poderoso.
> Note que ele começou com adoração, louvor, passando então à petição.

III.) Para a oração ser eficaz, precisa ser perseverante – v. 6
> “… dia e noite …” v. 6
> Comparar Ne 1.1 com 2.1. Neemias levou 4 meses orando, antes de obter a resposta de Deus.
> Você tem sido perseverante em orar ou tem desistido e desanimado fácil? – ver Lc 18.1-8

IV.) Para a oração ser eficaz, tem de ser acompanhada de confissão – v. 6b,7
> Neemias crê que a miséria de Jerusalém está relacionada diretamente com o pecado não confessado do povo.
> Muitas de nossas situações difíceis (não todas) estão relacionadas a pecados cometidos e muitas vezes ainda não confessados!
> É necessário confissão geral (v. 6) e específica (v. 7).
> Ele se identifica com o pecado do povo! Ora na primeira pessoa do plural!

V.) Para a oração ser eficaz, precisa basear-se nas promessas de Deus – v. 8-10
> A mente de Neemias devia estar saturada (no bom sentido) com a Palavra de Deus, pois ele a conhecia a ponto de fazê-Lo “lembrado” de suas promessas.
> Ele pode ter sido criado numa terra cheia de idolatria e servido numa corte pagã cheia de influências negativas, mas isso não fez com que ele deixasse de cultivar sua vida espiritual.
> Você conhece as promessas de Deus para a sua vida e especificas para o seu problema? Se não as conhecer, como poderá “lembrá-las” ao Senhor? Como poderá orar eficazmente? Precisamos conhecer a Palavra de Deus!

VI.) Para a oração ser eficaz, temos que compreender a parte que teremos de desempenhar como resposta à nossa própria oração – v. 11b
> Muitas vezes, nós somos a resposta às nossas próprias orações! Ver o verso 11b.
> Ao orarmos por mais obreiros, nós talvez sejamos a resposta a esta oração; ao orarmos para que as necessidades de alguém sejam supridas, talvez nós sejamos a resposta; ao orarmos para que algo seja feito, talvez nós sejamos a resposta como executores, etc.
> Estamos prontos a permitirmos que Deus nos use muitas vezes como a resposta de nossas próprias orações?

Pr. Ronaldo Guedes Beserra com várias citações e ideias do livro “Neemias e a dinâmica da liderança eficaz” de Cyril J. Barber, Editora Vida.

Anúncios

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Esboços de Sermões - Série Neemias, Esboços de Sermões - Sermões Expositivos e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s