Multiplicando Discípulos

Texto: 2 Tm 2.2 (Enfatizar as quatro gerações de discípulos).

Introdução
– O discipulado é o método neotestamentário para o crescimento da igreja.
– A partir de vários textos bíblicos vejamos algumas características de um multiplicador de discípulos.

I.) O multiplicador de discípulos percebe o interesse daqueles nos quais vale a pena investir – Jo 1.38
– Jesus percebeu o interesse de André e do outro discípulo de João Batista.
– O multiplicador de discípulos precisa estar atento àqueles nos quais vale a pena investir.

II.) O multiplicador de discípulos está disposto a compartilhar a sua vida com aqueles que está disposto a discipular – Jo 1.39
– Jesus compartilhou a Sua casa e o Seu tempo. O que estamos dispostos a compartilhar?

III.) O multiplicador de discípulos é alguém que foi inicialmente discipulado e também se tornou um multiplicador de discípulos – Jo 1.40-42
– André levou seu irmão Simão (Pedro) a Jesus.
– André encontrou o menino cujo lanche Jesus multiplicou para alimentar milhares de pessoas – Jo 6.8,9
– André sabia aonde levar os gregos que queriam ver a Jesus – Jo 12.21

– Ao alcançar Pedro, o ministério de André se estende até os nossos dias:
a.) Deus usou Pedro para evangelizar milhares de judeus em Jerusalém no dia de Pentecostes e no período subsequente – At 2
b.) Deus usou Pedro para confirmar a obra que o Senhor havia iniciado em Samaria por intermédio de Felipe – At 8
c.) Pedro foi o instrumento que Deus usou para abrir a porta de conversão aos gentios, na casa de Cornélio – At 10
d.) Os convertidos por intermédio do ministério de Pedro se espalharam depois da perseguição e chegaram a Antioquia. De Antioquia o evangelho alcançou o mundo conhecido da época através das viagens missionárias de Paulo.
– Ao levar seu irmão Pedro a Cristo, André participou das recompensas de tudo o que Simão Pedro mais tarde realizou para o reino de Deus!

– Exemplos atuais:
1. Quando estava muito enfermo, internado por causa de tuberculose, Paul Yong Cho recebeu um NT de uma mulher desconhecida, a qual nunca mais encontrou.
2. Na década de 1950, o evangelista Mordecai Ham estava lendo seus velhos diários quando se deparou com a seguinte entrada de 1934: “Reunião de reavivamento, Charlote, Carolina do Norte, fracasso. Nada aconteceu. Apenas um jovem de 16 anos foi salvo. Billy Graham era o nome dele”.

IV.) O multiplicador de discípulos é também um encorajador – At 4.36
– Barnabé: filho de exortação (ARA); filho da consolação (ARC); aquele que dá ânimo (NTLH); encorajador (NVI).

V.) O multiplicador de discípulos é alguém acolhedor, ajudador, intermediador, intercessor, facilitador – At 9.27
– Barnabé sempre olhava para os problemas passados das pessoas a fim de visualizar o potencial que enxergava nelas pela obra da graça de Deus.
– Barnabé confirmou Paulo diante dos apóstolos.

VI.) O multiplicador de discípulos é um promotor de talentos; não alguém egoísta – At 11.25,26
– Barnabé percebeu que era o momento de usar Paulo de forma mais intensa.
– Barnabé concedeu uma oportunidade para Paulo, que estava esquecido em Tarso.
– Barnabé não se preocupou com a possibilidade de o talento de Paulo ofuscar o seu próprio talento.
– Barnabé colocou o reino de Deus acima de interesses pessoais.
– O multiplicador de discípulos age em todas essas coisas à semelhança de Barnabé.

VII.) O multiplicador de discípulos não desiste quando tropeçam aqueles nos quais investiu seu precioso tempo – At 15.36-38
– Barnabé não desistiu de João Marcos.
– Em 2 Tm 4.11, Paulo reconhece que Marcos é muito útil.
– Marcos foi o instrumento que Deus usou para escrever o evangelho que leva o seu nome.
– O que explica essa mudança em Marcos? A segunda chance, o tempo, o amor, o treinamento que recebeu de Barnabé e de Pedro.

Conclusão
– Barnabé investiu em Paulo. Paulo investiu em Áquila e Priscila (At 18.1-3). Áquila e Priscila investiram em Apolo (At 18.24-26). Apolo investiu nos judeus da Acaia (At 18.27,28).
– Paulo investiu em muitos outros: Lucas (que escreveu dois livros bíblicos), Timóteo, Tito.

– André e Barnabé não eram tão talentosos quanto as pessoas que eles alcançaram. Contudo, ambos compartilharam alegremente com os outros o que eles conheciam de Cristo. E ambos participaram das recompensas espirituais dos que eles ajudaram.

– Cada um de nós é capaz de fazer discípulos e se multiplicar. Você pode ser um André!

– Quem foi o “André” que Deus usou para levar você a Cristo? Quem foi o “Barnabé” que Deus usou para te discipular? Quem será o “Timóteo, Tito, Lucas, Áquila e Priscila” nos quais você vai investir tempo de qualidade para compartilhar sua vida?

SP, 01.06.2019 – Pr Ronaldo Guedes Beserra, com auxílio do livro “Multiplicando discípulos” de Waylon B. Moore.

Visite o site do Pr Ronaldo em http://www.ronaldoguedesbeserra.com.br

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Discipulado, Esboços de Sermões - Sermões Temáticos, Estudos Bíblicos, Liderança e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s