Sermão para o Domingo de Ramos

Texto: Lucas 19.29-44

Introdução
– Entrada triunfal de Jesus em Jerusalém se deu no domingo anterior ao domingo da ressurreição de Cristo.
– Popularmente conhecido como “Domingo de Ramos”.
– O texto traz algumas aplicações práticas para as nossas vidas.

I.) Consagre ao Senhor as suas posses, seus bens, seus dons e talentos – v. 29-34
– Era um jumentinho sobre o qual ninguém jamais havia montado.
– Deus é Autossuficiente, Ele não depende de ninguém. No entanto, aprouve a Deus fazer uma parceria desigual com o ser humano. E nesse sentido Ele precisa de nós, da dedicação de nossas posses, bens, dons e talentos.
– Dedique ao Senhor não somente a sua vida e a sua família, mas também a sua casa, o seu carro, o seu dinheiro, o seu tempo, as suas habilidades, etc.
– “O Senhor precisa dele” (v. 31, 34). O Senhor ‘precisa’ de cada item relacionado acima!

II.) Obedeça ao Senhor sem questionar, por mais inusitado que seja o Seu pedido – 32-34
– Os discípulos enviados obedeceram sem questionar, talvez sem entender o pedido incomum e até mesmo estranho do Mestre.
– Estamos dispostos a obedecer nesse nível?

III.) Creia que a Palavra de Deus se cumprirá, ainda que demore muito tempo – Mt 21.4,5
– Ver a profecia de Zacarias (9.9) proferida aproximadamente 400 anos antes.

IV.) Aprenda a humildade com o Mestre da humildade – v. 35,36
– “Ele não se caracterizava por nenhuma das coisas que poderiam ser esperadas de um Messias triunfante e somente o povo comum o louvava. Sua ênfase era na humildade, aplicando assim uma lição que ele ensinava frequentemente” (Anthony Lee Ash).
– Ele se humilhou esvaziando-se a si mesmo e assumindo a natureza humana.
– Quando de seu nascimento, não nasceu em palácios, mas em uma manjedoura. O primeiro anuncio oficial de seu nascimento após o nascimento se deu a humildes pastores de Belém e não a reis, poderosos ou importantes líderes religiosos.
– Se o Todo-Poderoso Filho de Deus foi humilde e nos ensinou a humildade, quem somos nós para nos exaltarmos, para darmos lugar à arrogância, soberba e jactância?

V.) Adore ao Senhor por todas as Suas obras, mas verifique quais são as motivações do seu coração – v. 37,38
– Ler João 12.17,18
– “A adoração do povo foi efêmera e o seu compromisso superficial […] A devoção baseada apenas na curiosidade ou na popularidade desfalece rapidamente” (BEAP).
– Poucos dias mais tarde essa mesma multidão iria rejeitar Jesus e alguns até iriam gritar: Crucifica-o!
– Hoje muitos têm adorado a Deus de maneira passageira e sem compromisso, motivados apenas por curiosidade e popularidade. Com bases tão frágeis não demora muito para rejeitarem a Cristo.

VI.) Cuidado com a insensibilidade espiritual – v. 39,40.
– Ao verem toda aquela alegria e expectativa, os fariseus ficaram incomodados (ver Jo 12.19).
– Queriam que Jesus repreendesse a multidão que com suas palavras identificava Jesus como o Messias.
– “Se os discípulos não pudessem louvar, a criação clamaria. A criação é mais sensível do que aqueles que estavam reclamando”.
– Os fariseus são um modelo de insensibilidade espiritual. Não os imitemos, portanto.

VII.) Esteja atento ao tempo da visitação de Deus – v. 41-44
– Jesus chorou intensamente. “A palavra usada é forte, sugerindo arfar do peito e o soluço de uma alma em agonia” (A. L. Ash).
– Contraste da insensibilidade dos fariseus com a sensibilidade de Jesus!
– A motivo da futura destruição da cidade era “porque não conheceste o tempo da tua visitação” (v. 44).
– O Salvador esteve entre eles, andou no meio deles, curou enfermos, ensinou nas ruas e nas praças e eles não perceberam. Não souberam discernir o tempo da visitação de Deus.
– E quanto a nós? Temos discernido a ação de Deus, o mover de Deus, a visitação de Deus? Ou temos estado insensíveis?
– Que tristeza saber que Deus nos visitou e não atentamos para isso!

Pr Ronaldo Guedes Beserra – SP, 24 de março de 2018.

Visite o Site do Pr Ronaldo em http://www.ronaldoguedesbeserra.com.br

Anúncios

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Esboços de Sermões - Sermões Expositivos e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s