O Nascimento de Jesus e seus Aprendizados

Texto: Lucas 2.1-20

Introdução
– Nessa época do ano devemos ter em mente que os holofotes devem estar sempre em Jesus e não em árvores de Natal, papai Noel, panetones e presentes!
– O nascimento de Jesus não se deu nesta época do ano, mas convencionou-se comemorá-la nesta época. A data provável do nascimento deve ter sido na primavera (maio-junho). Nesta época é inverno em Israel, e dificilmente o imperador determinaria um recenseamento no inverno.

Transição
– O fato é que um dia Jesus nasceu, o Verbo se fez carne e habitou entre nós.
– Esse texto bíblico mostra alguns ENSINAMENTOS preciosos a serem aprendidos por ocasião do nascimento do Salvador.

I.) O nascimento de Jesus nos mostra que Deus é capaz de mover um império, caso seja necessário, para que suas promessas e profecias se cumpram – v. 1-7 a.
– Havia a profecia de que o Messias nasceria em Belém – Mq 5.2
– Como José e Maria estavam na Galiléia e a criança deveria nascer na Judéia, penso que podemos dizer que Deus moveu o coração do imperador para publicar um decreto convocando a população para um recenseamento.
– Como as pessoas deveriam se apresentar na cidade natal de suas famílias de origem, José e Maria foram para Belém.
– Estando eles ali, chegou o tempo do nascimento de Jesus, cumprindo-se assim a profecia do VT.
– Deus tem profecias e promessas para a sua vida? Então espere, pois Ele é capaz de mover um império para cumprir o que falou!

II.) O nascimento de Jesus nos revela que Deus se manifesta através de coisas simples e humildes – v. 7b-14
– Podemos perceber isso através do lugar onde Jesus nasceu, e para quem a notícia de seu nascimento foi transmitida pela primeira vez.
– Jesus nasceu em uma manjedoura (tabuleiro em que se deposita comida para vacas, cavalos e outros animais, em estábulos). Deus poderia ter agido para que o Seu Filho nascesse em um palácio real. No entanto, o Deus que está no controle de todas as coisas, quis que Jesus nascesse em um estábulo.
– O anuncio do nascimento do Salvador do mundo foi feito primeiro a um grupo de pastores humildes que moravam em grutas naturais. Deus confiou o mais importante anúncio público da História a pessoas comuns. Não anunciou primeiramente a reis, príncipes, sacerdotes ou religiosos, mas a pessoas simples!
– Creio que Deus quis comunicar que Ele pode ser encontrado e se manifesta através coisas simples e humildes. Além disso, Deus quis comunicar que Ele não é inatingível como os membros de famílias reais. Ele está acessível a todos, inclusive às pessoas mais simples e humildes!
– Você tem dado valor às coisas simples e humildes da vida, ou tem se deixado impressionar pela suntuosidade, pelo glamour, pelo orgulho e pela grandeza e arrogância humanas?

III.) O nascimento de Jesus nos lembra que devemos reconhecê-Lo como nosso Salvador, como o Cristo, e como o nosso Senhor – v. 10,11
– O nascimento de Jesus, o fato de o Verbo ter se feito carne é uma boa nova de grande alegria para todos os povos (v. 10).
– É imprescindível que se reconheça Jesus como: (1) o Salvador (Aquele que é o único que pode nos salvar de uma eternidade longe de Deus); (2) o Cristo (o Messias prometido); (3) o Senhor (Aquele que tem todo o direito e domínio sobre a minha vida) – ver v. 11.
– Temos reconhecido Jesus como o nosso Salvador, como o Cristo, e como o nosso Senhor?

IV.) O nascimento de Jesus nos ensina que Deus se manifesta àqueles que Ele sabe que irão RECONHECER a importância de Sua revelação – v. 15
– Ao ouvirem o anúncio, os pastores se dispuseram a ir até Belém e ver o que se lhes tinha sido anunciado pelo anjo. Ou seja, eles reconheceram a importância da mensagem e da revelação!
– Me parece que Deus não se revela a quem não dá importância à Sua revelação, mas àqueles que a valorizam (ver Sl 25.14).
– Nós também não devemos ‘jogar pérolas aos porcos’ (Mt 7.6).
– Temos reconhecido a importância da revelação de Deus a nós?

V.) O nascimento de Jesus nos ensina que Deus se manifesta àqueles que irão ANUNCIAR a Sua revelação – v. 16,17
– Depois de conferirem as palavras do anjo, os pastores divulgaram o que lhes tinha sido dito!
– As revelações de Deus a nós através de Sua Palavra não devem ficar guardadas, mas devem ser anunciadas!
– Deus nos revelou a verdade do evangelho para que divulguemos a mensagem àqueles que não a conhecem (Mt 28.18-20; Mc 16.15; At 1.8).
– Temos anunciado as boas novas de salvação em Cristo?

VI.) O nascimento de Jesus nos ensina que Deus se manifesta àqueles que se deixarão TRANSFORMAR por Sua revelação – v. 20
– Os pastores se puseram a glorificar e louvar a Deus! Foram transformados pelo impacto da mensagem!
– Deus não se revelará àqueles que não estão dispostos a se deixarem transformar pela mensagem da Graça de Deus!
– Temos estado dispostos a permitir que o Espírito Santo trabalhe em nós, nos alinhando e tirando de nós tudo o que Lhe desagrada? Quando tivermos esta disposição, Deus se manifestará a nós!

Pr Ronaldo Guedes Beserra

Anúncios

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Esboços de Sermões - Sermões Expositivos e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s