Pecados contra o Espírito Santo

fb1ddcedomo-identificar-problemas-de-audio-internaResumo extraído de: “GRAHAM, Billy. O Espírito Santo. São Paulo: Edições Vida Nova, 1990, p. 61-78, cap. 10”.

A Blasfêmia contra o Espírito Santo
O pior pecado; para este pecado não há perdão. Todos os outros pecados contra o Espírito Santo são cometidos por crentes. Podemos nos arrepender deles, receber perdão e fazer um novo começo. A blasfêmia contra o Espírito Santo, chamado de “o pecado imperdoável”, é cometido por descrentes (Mt 12.31,32). O pecado imperdoável implica na rejeição total e irrevogável de Jesus Cristo.
Em Atos 7.51, Estevão estava dizendo aos seus ouvintes que eles eram culpados dos mesmos pecados que seus pais, que se tinham recusado a levar a sério as mensagens dos profetas. O pecado infeccionou tanto o coração das pessoas não regeneradas que elas estarão sempre resistindo ao Espírito Santo. A carne e a mente perversa sempre O combatem. Estas pessoas não darão acolhida à Palavra de Deus enquanto o Espírito Santo não obtiver a vitória sobre eles. Estevão estava dizendo algo mais: da mesma maneira como o Espírito tinha lutado em vão com muitas pessoas no Antigo Testamento, que depois foram condenadas, também seus ouvintes, naquela época e hoje, seriam condenados se não prestassem atenção à atuação do Espírito em seu coração. Este pecado, resistir ao Espírito, quando praticado por muito tempo, leva à condenação eterna. A única maneira de o pecador receber o perdão por este pecado é deixar de resistir ao Espírito Santo e abrir o coração para Jesus, de quem o Espírito dá testemunho.
Cristãos devem hesitar muito para tomar dogmaticamente suas decisões próprias sobre se alguém cometeu o pecado imperdoável. Deixe esta decisão com o Espírito Santo e com Deus-Pai. Nossa parte é instar sempre com as pessoas para que se arrependam e se voltem para Jesus, porque nós não sabemos se o Espírito já cessou de atuar neles ou não.
O pecado imperdoável é rejeitar as verdades sobre Cristo. É rejeitar de maneira completa e definitiva o que o Espírito Santo diz sobre Jesus Cristo. Você rejeitou a Cristo, e disse em seu coração que o que a Bíblia diz sobre Ele é mentira? Se for este o caso, você está em uma situação perigosa. Você tem de aceitar as verdades sobre Cristo em confissão humilde, arrependimento e fé. Persistir na descrença poderia ser trágico, levando-o a uma eternidade sem Deus. Por outro lado, você pode ser crente, mas cometeu algum pecado o qual você até agora pensou que o impedisse de ser salvo. Não interessa o que é: lembre-se que Deus o ama, e que quer perdoar este pecado. Você só precisa confessar este pecado a Ele e perdi-Lhe perdão. Este pecado – o que quer que seja – não é o pecado imperdoável. Só que você tem de fazê-lo sair de sua vida (Sl 103.12).

Entristecer o Espírito
Pecados contra o Espírito Santo que podem ser cometidos por cristãos: entristecer e apagar o Espírito. Quase tudo o que nós fazemos de errado pode ser incluído em um destes dois termos.
Em Efésios 4.30, Paulo não está falando de julgamento, no sentido de que o que estamos fazendo aqui está nos separando do amor de Deus e nos fará ir para o inferno. Está, isto sim, falando de coisas que não combinam com a natureza do Espírito Santo e por isso O ferem em Seu ser e O entristecem. Podemos magoar ou irar alguém que não nos tem afeição, mas só podemos entristecer quem nos ama.
Como um cristão pode entristecer o Espírito Santo? Ler Efésios 4.20-32. Podemos saber o que entristece o Espírito analisando nossa conduta à luz das palavras que a Escritura usa para caracterizar o Espírito. O Espírito Santo é o Espírito da: [1] Verdade, Jo 14.17 (tudo o que é falso, enganoso e hipócrita O entristece); [2]Fé, 2 Co 4.13 (dúvidas, desconfiança, ansiedades e preocupações O entristecem); [3] Graça, Hb 10.29 (tudo em nós que é duro, amargo, malicioso, indelicado e indisposto para perdoar e amar O entristece); [4] Santidade, Rm 1.4 (tudo que é impuro, sujo ou degradante O entristece).
O que acontece quando nós entristecemos o Espírito Santo? Ele gosta de nos revelar o que é de Cristo. Também nos proporciona alegria, paz. Mas quando nós O entristecemos, Seu ministério fica interrompido. Quando eu me desvio do caminho claro da vontade de Deus, então o ministério do Espírito em minha vida está prejudicado. Sua atuação é interrompida, mas Ele continua presente. Ele não é afastado, somente Sua atuação é prejudicada. Assim que o fio partido é restaurado, Seu ministério pleno recomeça.
Entristecer o Espírito Santo não implica em perdê-lO. Eu continuo selado por Ele; Ele não deixa de morar em mim. Nenhum crente pode entristecê-lO a ponto de Ele o deixar totalmente (Ef 1.13; 4.30; Rm 8.23). Podemos escorregar, mas isso é bem diferente de cair da graça ou perder o Espírito Santo totalmente. Mas quando nós O entristecemos, Ele retira de nós a alegria e o poder até que renunciemos e confessemos o pecado. Estou convencido que, uma vez batizados no corpo de Cristo, tendo o Espírito Santo em nós, nunca mais seremos abandonados por Ele. Estamos selados para sempre. Ele é a garantia, o penhor do que virá. Ele nos concede alegria contínua por sabermos que somos de Deus; esta alegria só cessa quando alguma obra da carne entristece Aquele que nos selou (Tg 4.5).

Apagar o Espírito
Ler 1 Ts 5.19. Entristecer dá a ideia de mágoa, de sofrimento. Tem a ver com a maneira com que nós ferimos o coração do Espírito em nossa vida particular. Apagar significa “abafar, extinguir” e nos lembra do conceito bíblico de que o Espírito é um fogo. Não quer dizer que O expulsamos, mas que abafamos o amor e o poder do Espírito.
Um fogo se apaga quando lhe tiramos o combustível. O fogo do Espírito fica bloqueado quando deixamos de orar, falar de Cristo ou ler a Palavra de Deus. Estas coisas são veículos que Deus usa para nos dar o combustível para manter o fogo. Outra maneira de apagar um fogo é jogar água ou terra sobre ele, ou sufocá-lo com um cobertor. Um pecado intencional apaga o Espírito. O momento de confessar isto a Deus é exatamente este; arrependa-se. E depois viva cada dia na plenitude do Espírito, sensível à Sua orientação e ao Seu poder em sua vida.

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Discipulado, Pneumatologia, Teologia e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s