Como Alcançar Êxito em Nossos Empreendimentos (Ministeriais, Familiares e Profissionais) – Série Neemias (Parte 2)

Passos para uma Virada Radical em sua VidaTexto: Neemias 2.1-10

Introdução
> Como líder estou me expondo a ser avaliado por vocês, mas não tenho problemas em admitir que já errei muito, ainda erro, mas tenho me esforçado muito para acertar e quem é perfeito que atire a primeira pedra!
> Falar com o rei era para Neemias a segunda etapa (a primeira foi falar com Deus) no processo de obter êxito em seu empreendimento de reconstruir Jerusalém.
> Uma pergunta que estaremos buscando responder sempre nesta série é: Por que Neemias foi um homem bem sucedido, diferenciado, acima da média? Por que sua história inspira escritores para escreverem a respeito de princípios de liderança? Por que em 52 dias conseguiu fazer algo que as pessoas durante 90 anos disseram ser impossível realizar? Quais os seus segredos?

Transição
> Podemos obter êxito naquilo em que empreendemos os nossos esforços.
> O texto nos mostra alguns aspectos que devemos observar (como Neemias observou) para obtermos êxito nos projetos que empreendermos:

I.) Atitude Positiva – v.1
> Neste momento Neemias estava entristecido perante o rei, mas em tantos anos de serviços prestados “… eu nunca antes estivera triste diante dele”. Neemias certamente já servia ao rei por muitos anos.
> Sua atitude não pode substituir a competência, não pode substituir a experiência, não pode mudar os fatos, não pode substituir o crescimento pessoal e não fica boa automaticamente, mas sua atitude faz diferença em sua maneira de encarar a vida, faz diferença em seus relacionamentos pessoais e faz diferença em seu modo de enfrentar desafios (John Maxwell).
> Ao estudar a fundo a vida de Neemias fica claro que ele era um homem de atitude positiva, por isso pôde influenciar as pessoas em seus dias e ainda nos influencia até hoje! Como está a nossa atitude?

II.) Sabedoria no Tato – v. 2-7
> Talvez o rei, em um primeiro momento, tenha suspeitado que Neemias estivesse envolvido em alguma trama contra ele (v.2 c). Neemias tratou logo de reafirmar sua lealdade ao rei (v. 3 a).
> Nesse processo de reafirmar sua lealdade, Neemias não ficou se justificando, mas passou logo a dizer o motivo de sua tristeza. Se ele tentasse se justificar como tantas vezes tentamos fazer, só teria piorado a situação!
> Neemias estrategicamente não menciona o nome da cidade de Jerusalém em seus pedidos ao rei (embora o rei soubesse a origem étnica de Neemias). Jerusalém ficou marcada na história como cidade problemática (Ed 4.6-16). Neemias não quer prejudicar suas chances de sucesso levantando lembranças desfavoráveis aos olhos do rei.
> Neemias incluiu seu superior em seus planos (v. 5, 7). Neemias preservou a superioridade do rei que não se sentiu ameaçado; convidou-o a tomar a decisão; sugeriu que a coroa tomasse a iniciativa.
> “As promoções, na maioria dos casos, vêm porque um subordinado compreende os problemas do seu superior e simpatiza com ele”, e nem tanto por competência, currículo, e nunca por imposição, ignorância (estupidez) ou cobrança!
> Estamos sendo sábios no tato para com as pessoas que nos cercam em todos os níveis, inclusive nossos superiores?

III.) Dependência Constante – v. 4
> Neemias fez uma oração relâmpago. Não fazia apenas orações formais, mas certamente estava a todo tempo orando. Isso demonstra dependência!
> Temos dependido de Deus a cada momento, buscando sua direção, ou temos apenas agido impulsivamente, dando lugar à nossa carne?

117148078IV.) Preparação Antecipada – v. 6b-8
> Neemias já havia calculado quanto tempo deveria ficar fora.
> Soube dos obstáculos que poderiam bloquear sua missão e por isso pediu cartas para os governadores.
> Calculou que precisaria de madeira, certamente calculou a quantidade e pesquisou o nome da pessoa encarregada destes materiais na região da Palestina (Asafe).
> Quando teve sua oportunidade diante do rei, estava preparado (havia se preparado de antemão)!
> Moisés, Davi, Jesus, Paulo e outros perceberam que Deus estava para fazer algo em suas vidas e se prepararam para tal. Você consegue vislumbrar oportunidades para o seu futuro? Consegue, mesmo que de longe enxergar algum plano maravilhoso de Deus para você? Você está se preparando para isso?
> Você tem se preparado para as oportunidades que você está aguardando? Ou quando a oportunidade aparecer “a gente vê o que a gente faz!”

V.) Humildade Sincera – v. 8 b
> Neemias se preparou para falar com o rei, de certa forma até se arriscou, mas ao obter êxito em sua empreitada não se gabou. Remeteu seu louvor a Deus e não a si mesmo.
> Tudo provêm de Deus: sabedoria, capacidade, saúde, etc.
> Quando você obtém êxito em seus empreendimentos remete a glória e o reconhecimento a Deus ou coloca os holofotes sobre você?

VI.) Disposição em Meio a Grandes Desafios
> Como Ester, Neemias entendeu que não estava onde estava por acaso.
> Num dado momento entendeu que (humanamente falando) ele era a única pessoa em todo o império que poderia tentar fazer alguma coisa a favor de Jerusalém, que Deus não o havia colocado onde o colocou por acaso.
> Ao considerar aceitar aquela missão que Deus estava lhe dando, sabia do que teria de abrir mão, do grande trabalho e desafio que teria à sua frente, e até do sofrimento e oposição que enfrentaria. E aí o que fazer? Aceitar o desafio ou continuar vivendo confortavelmente no palácio do rei sem se envolver?
> Assim como José, Moisés, Ester e Jesus, Neemias se dispôs para a missão à qual Deus lhe estava chamando, apesar das dificuldades que teria à frente!
> E quanto a nós? Onde Deus tem nos colocado? Será que estamos onde estamos por acaso? Qual é a missão que Deus está nos designando? Quais os desafios encontraremos à nossa frente para cumpri-la? Vamos ter disposição ou vamos nos acomodar?

Conclusão
> Mesmo com todas estas qualidades, Neemias teve de enfrentar um oposição ferrenha (v. 10). Que possamos nos esforçar para imitar Neemias, mas que como ele possamos nos preparar para enfrentar oposição.
> Se isso serve de consolo, as pessoas não brigam por um campo que não vale nada, nem atiram pedras em uma árvore infrutífera! Se estão querendo sua posição é porque é um campo fértil, se estão atirando pedras em você é porque você é uma árvore frutífera!

SP, 06/03/08, Pr. Ronaldo Guedes Beserra com ajuda da leitura do livro “Neemias e a dinâmica da liderança eficaz” de Ciril J. Barber- Ed. Vida.

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Esboços de Sermões - Série Neemias, Esboços de Sermões - Sermões Expositivos, Liderança e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s