No mundo tereis aflições!

Texto: João 5.1-14

Introdução
> Caso Isabella: que profunda luta, provação e situação difícil esta família está enfrentando!
> Este paralítico também enfrentava uma situação dificílima: não havia nascido paralítico, mas estava assim há 38 anos.

Transição
> Todos nós estamos sujeitos a situações difíceis em nossas vidas.
> O texto nos mostra algumas verdades que devemos ter em mente durante as situações difíceis da vida.

I.) Em nossas situações mais difíceis, Jesus nos vê e sabe de nosso problema – v. 6 a
> Você pode pensar que Ele te esqueceu, não vê e não sabe, mas não é assim!
> Ler os seguintes versos: Hb 4.13; 1 Jo 3.20; Sl 139.1-4.
> Aplicar: você acredita que Jesus está lhe vendo e sabe de sua situação?

II.) Em nossas situações mais difíceis, Jesus nos confronta e nos motiva – v. 6 b
> A pergunta de Jesus seria óbvia demais se Ele não quisesse extrair algo mais do paralítico ao questioná-lo
> Jesus queria confrontá-lo: Você quer ser mesmo curado? Será que você não diz que quer ser curado, mas lá no fundo já não se acostumou com esta situação? Você já parou para pensar nas implicações de ser mesmo curado?
> Aplicar para: Superar alguma perda; Sair de uma situação financeira embaraçada; Ser promovido no trabalho ou dar um passo mais ousado em sua vida profissional; Sair de um trabalho para outro ou iniciar um novo negócio; Ter o lar (casamento, relacionamento com filhos, etc) restaurado; Ocupar aquele determinado cargo ou posição na obra de Deus; Ser avivado espiritualmente, passar por um reavivamento pessoal; Receber algum tipo de libertação em alguma área!
> Ver a resposta acomodada que o paralítico dá a Jesus. O Novo Comentário da Bíblia diz: “O paralítico está tão acostumado ao seu estado que não sente mais o desejo de recuperar as suas faculdades”.
> Jesus queria motivá-lo: O Novo Comentário da Bíblia diz: “A pergunta de Jesus o desperta da sua apatia, dando-lhe ânimo e expectação” (expectativa).

III.) Em nossas situações mais difíceis, Jesus nos manda levantar e andar – v. 8, 9
> Devemos nos levantar e andar, ainda que as circunstâncias nos sejam contrárias. Não podemos ficar parados ou paralisados mesmo que existam situações ameaçando nos prender.
> Exemplo do Pr. Atilano Muradas, pág 128, 129 do livro: “Como enfrentar o sofrimento”.
> Exemplo de José, Davi, Paulo, John Bunyan e outros que se colocaram de pé em circunstâncias que queriam colocá-los prostrados. Vamos nos levantar e andar ou ficar prostrados?

IV.) Em nossas situações mais difíceis, Jesus nos alerta sobre as críticas e perseguições – v. 10
> Quando você se levanta e anda, se desperta, sempre haverão oposições, sempre haverão aqueles que vão criticar sua decisão, que talvez até lhe persigam.
> Ex. Parábola do semeador – Mc 4.5, 16, 17.
> Ao invés de se alegrar com a cura, acharam algo para criticar!
> Cuidado com o perigo de coar o mosquito e engolir o camelo, o que os judeus estavam fazendo aqui!
> Elucidar resposta do homem no v. 11. Devemos inteira obediência e satisfação somente àquele que nos curou!

V.) Em nossas situações mais difíceis, Jesus nos adverte contra o pecado – v. 14
> F. F. Bruce diz: “Jesus estava longe de pensar que a doença e sofrimento eram necessariamente resultado do pecado (ver Jo 9.2 ss), … mas no caso deste homem, ele sabia qual era a causa da sua enfermidade, e o fez conhecê-la”.
> Há muitas situações embaraçosas na vida nas quais entramos por causa do pecado ou por causa das nossas escolhas erradas. Mesmo nestes casos Jesus se compadece e pode nos curar, livrar, como no caso deste paralítico!
> Jesus o advertiu e nos adverte: “… não peques mais, para que não te suceda coisa pior …”. A coisa pior pode ser outra situação embaraçosa (Hb 12.1,2 a), ou o que é realmente pior: a morte eterna ou condenação eterna.

Pr. Ronaldo Guedes Beserra.

Anúncios

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Esboços de Sermões - Sermões Expositivos e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s