A revelação de Deus durante a grande pesca

Texto: Lucas 5.1-11

Introdução
> Jesus se revelou aqui a Pedro e seus companheiros de uma tal forma que os deixou admirados.
> Deus não tem deixado a humanidade sem revelação. De uma forma ou de outra Ele tem se revelado.
> O anseio mais profundo que deveríamos ter é o de receber a revelação de Deus!

Transição
> Deus sempre esteve disposto a se revelar; Deus se revela hoje.
> O texto nos mostra alguns ensinos sobre a revelação de Deus a nós.

I.) Deus se revela através do ensino de Sua Palavra – v. 3
> Notar que o v. 1 diz que uma multidão o espremia para ouvir a Palavra de Deus. O v. 3 diz que Jesus as ensinava de dentro de um barco. Ou seja, Deus, através de Jesus, se revelou à multidão aqui através do ensino de sua Palavra. Da mesma forma Deus se revela ainda hoje!
> Você tem lido e meditado na Palavra de Deus? Tem procurado buscar o ensino de Sua Palavra?

II.) Deus se revela onde as águas são mais profundas – v. 4
> A versão da King James Atualizada (KJA) traduz as palavras de Jesus no v.4 da seguinte forma: “Ide para onde as águas são mais profundas …”
> Façamos uma analogia entre o desejo de pescar e o desejarmos mais de Deus, maiores revelações, maior entendimento da realidade espiritual, maior comunhão, etc. Para uma boa pesca, devemos ir onde as águas são mais profundas. Para uma boa comunhão com Deus devemos ir às águas profundas da oração, da leitura e meditação na Palavra de Deus, do tempo devocional (a sós com Deus) e de outras práticas espirituais.
> Temos buscado as profundezas de Deus ou temos nos contentado em pescar apenas na superfície?

III.) Deus se revela através de nossa fé e obediência – v. 5
> Muitas vezes, a fé e a obediência vão contra todas as evidências – haviam trabalhado toda noite, não haviam apanhado nada e estavam cansados.
> Todavia, Pedro diz: “confiando em tua Palavra, lançarei as redes”, ou seja “vou agir”. A fé é demonstrada em ações – v. 5.
> Ver João 7.16,17. É necessário primeiro fazer a vontade dEle (por meio da fé, da obediência), para somente então receber a revelação!
> Ver ainda Tiago 2.14-26. A fé sem obras (ação) é morta!
> A fé, a obediência e a ação estão completamente interligadas. Ex. Dízimos e ofertas.
> Ver o resultado da obediência – v. 6. Obedecer a Deus é sempre o melhor!

IV.) Deus se revela quando aprendemos a repartir – v. 7
> Pedro e seus companheiros repartiram o produto da benção que receberam. Se eles quisessem reter tudo somente para eles, teriam afundado o barco e perdido tudo!
> Deus nos abençoa para nós repartirmos, seja financeiramente, intelectualmente, espiritualmente, seja através de dons, talentos e habilidades.
> Lc 12.15-21. Nesta parábola, aparentemente, este homem rico nem pensou na possibilidade de repartir o que havia colhido. Só pensou em guardar, armazenar, só pensou em si mesmo!
> Precisamos vencer o egoísmo sob o risco de ficarmos sem nada! Você tem repartido?

V.) Deus se revela para que nos tornemos conscientes de nossa indignidade (pecaminosidade) e nos admiremos (fiquemos maravilhados) diante da Sua grandeza – v. 8-10 a
> Quanto mais Deus se revela a nós, mais conscientes nos tornamos de nossa indignidade, como aconteceu com Pedro nesta passagem. Se não temos estado conscientes de nossa indignidade, pecaminosidade diante da grandeza de Deus, talvez seja porque não temos recebido a devida revelação de Deus!
> Pedro se sentiu indigno e ao mesmo tempo admirado. A revelação de Deus a nós deve produzir estas duas reações!

VI.) Deus se revela para que não temamos e para que passemos essa revelação a outros – v. 10
> “Não temas”, Jesus disse a Pedro. A revelação de Deus a nós é para que não temamos e não para que tenhamos medo!
> Jesus fez um chamado aos pescadores; Ele queria que eles passassem a outros a revelação que eles haviam recebido. Deus faz um chamado para nós também, para que compartilhemos com outros a revelação que temos recebido de Deus. Que sejamos pescadores de homens!
> É importante notar que Deus não chama desocupados – v. 2.
> Você tem passado a outros a revelação que Deus tem dado a você?

VII.) Deus se revela para que renunciemos tudo e sigamos a Jesus – v. 11
> Depois de receberem a revelação de Jesus, Pedro e os seus companheiros literalmente deixaram tudo e seguiram a Jesus.
> Quando Deus se revela a nós, também devemos “deixar tudo”. Não no sentido literal (embora em alguns casos será literal), mas no sentido de que nada deve ocupar o primeiro lugar em nossa vida, senão unicamente o Senhor Jesus.
> Deixar tudo e seguir a Jesus. Isto é o que a revelação de Deus a nós deve produzir em nossas vidas!
> Existe algo em sua vida que o tem impedido de seguir a Cristo? Algo a ser deixado, a ser renunciado? Não há mais tempo a perder. Deixemos tudo o que nos embaraça e sigamos a Cristo!

Pr. Ronaldo Guedes Beserra

About these ads

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.
Esse post foi publicado em Esboços de Sermões - Sermões Expositivos e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A revelação de Deus durante a grande pesca

  1. clélia disse:

    Parabéns pelo estudo! Não havia interpretado essa passagem dessa forma. A palavra é, portanto, nova a cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s